Leiria, também conhecida como a cidade do Lis. Pertence à Beira Litoral, centro de Portugal, e está repleta de história e tradição. 

É o berço de diversos autores portugueses. No coração da cidade podemos encontrar a Praça Rodrigues Lobo, homenagem ao poeta Francisco Rodrigues Lobo. Desta praça, assim como das suas transversais, é possível olhar para cima e ver o Castelo de Leiria. Outros escritores, como o rei D. Dinis e Eça de Queirós, frequentaram igualmente as ruas da cidade. Aliás, foi aqui que Eça de Queirós escreveu a sua obra literária, O Crime do Padre Amaro. 

Além da herança literária, o teatro, a música e a gastronomia marcam a cidade com espaços únicos e doces típicos. A natureza encontra-se igualmente em destaque, com espaços ao ar livre onde os leirienses podem passear e desfrutar da natureza. 

Há pontos da cidade que marcam a sua história e a vida de muitos leirienses. Para os visitantes, conhecer a essência destes pontos pode fazê-los olhar para Leiria de forma ainda mais enriquecedora.    

Brisas do Lis

O que fazer em Leiria? Uma visita a qualquer cidade em Portugal exige sempre um doce. 🙂 Uns dizem que foram as monjas do Convento de Santana que lhes deram origem. Outros afirmam que foi uma reconhecida família da cidade de Leiria que inventou esta delícia. A verdade é que a  sua origem é incerta. Contudo, há algo em que os leirienses estão de acordo. Era no Café Colonial, na Avenida Combatentes da Grande Guerra, que se podia provar das melhores Brisas de Leiria. Aliás, este doce foi o ponto de partida para o surgimento do Café Colonial. Apesar de se encontrar de portas encerradas, o Colonial ainda hoje é especial para muitos leirienses e ponto de referência no que diz respeito a esta doçaria tradicional.   

This image has an empty alt attribute; its file name is zzebFRHTmRE6jE5dqe0aAU-6EngtAcW2PelX3wrtb2PGXHOSkRwLkcbSJXbZH2LJ7ytSg6368eUICVS4_n8tOWiXge-024zh-ghWGArqN5sBx5fwE0lFJPI_goDwBDdkDFpPHS1F

Primeiramente, este doce era conhecido como Beijinhos do Lis e, mais tarde, passou então a ser chamado de Brisas do Lis. As Brisas do Lis tornaram-se de tal forma famosas entre os cidadãos de Leiria que diversos estabelecimentos tentaram replicar a sua receita. Com o passar dos anos, a tradição mantém-se e as Brisas até concorreram às 7 Maravilhas Doces de Portugal. Atualmente, é possível encontrar o doce tradicional de Leiria em diversos estabelecimentos da cidade.

Auditu Leiria

Com origem no latim, a palavra Auditu significa “obrigação de ouvir algo”. Abriu portas nos anos 80, no centro comercial Maringá, numa altura em que os vinis estavam no auge. Além dos vinis, a loja tinha 100 compact discs (CD’s) disponíveis para o público. Na altura, foi considerado um salto tecnológico fantástico no que diz respeito ao comércio tradicional da região. Desde então, foram ganhando espaço no coração dos leirienses e marcaram toda uma geração. Segundo Isabel, fundadora da Auditu, “várias gerações compram na loja, desde o avô, ao pai e ao neto”.

This image has an empty alt attribute; its file name is Ziy77-TAdwwICu4hjJn3BDVy5iXUCHPo8T_gYracXS2T4BHrLCCOe2vqqzL7v1GE46TOosK7hNJhPoz1JumlJJRZjOTwNCDccjNLs9jpPVe1pao7pwKPVPWTyYUM_9-QbCHTn7Nu
Auditu

Desde o início, a Auditu acredita que a música é um bem singular que deve ser tratado com respeito e nunca perdeu esse foco. “Tem de haver dedicação, gostar do que se faz e gostar de música”, afirma Isabel. “Vender arte não é o mesmo que vender batatas e feijões”, reforça, “há que aprender com os clientes e isso pode gerar a criação de relações especiais com todos os que por aqui passam”. Contudo, a evolução contínua do negócio não foi suficiente. Em 2013, a Auditu fechou as suas portas, mas não por muito tempo. 

Atualmente, fica junto a um dos símbolos da cidade de Leiria, o Teatro José Lúcio da Silva, e tem um lugar especial no coração de muitos leirienses.

É igualmente possível encontrar no novo espaço vinis e CD’s, assim como LP’s e DVD’s. Para além da excelência musical que proporcionam aos leirienses, o atendimento na agora CDV-Auditu Music Store é personalizado. E ainda é possível ao público ter acesso a milhares de referências discográficas por encomenda. Por fim, a Auditu proporciona também uma zona de lounge onde podemos relaxar enquanto ouvimos os discos que tocam no espaço. De acordo com Isabel, a loja em si “é um cantinho de cultura”. 

Castelo de Leiria 

O que fazer em Leiria? Não há visita sem ir ao Castelo que é conhecido como o mais bonito de Portugal. Do centro da cidade, podemos avistá-lo no topo, lá ao longe. Há quem diga que este Castelo tem algo verdadeiramente único, atrevendo-se mesmo a dizer que possui uma aura misteriosa. Ao entrar no espaço arquitectónico, para além da vista sobre a bela paisagem envolvente, a Igreja de Nossa Senhora da Pena e a Torre de Menagem são pontos de visita obrigatória. Bem como, os antigos Paços Reais e as muralhas.   

This image has an empty alt attribute; its file name is Kbfc1EjqaJx7XTUPzpvNc_9HEJbjmConYX4cVTsvQ3uGpTUSifL-s2omiC0xAycG8Bkr9n-VkzNdLDBB5M_AYCJ9rWab8f9c5lamlyrNTyLrOo7euJO4W_rso615yuIEy9fLac83
Castelo de Leiria

O Castelo de Leiria tem origem medieval e leva os seus visitantes numa viagem ao passado. Ou seja, ao tempo em que D. Afonso Henriques conquistou a Cidade do Lis aos mouros e ao século XIV. No entanto, no início do século XX, a obra arquitectónica sofreu um inovador restauro. Posteriormente, em 2018, o Castelo volta a fechar e é alvo de obras profundas. Assim, passados três anos, o Castelo de Leiria e o recinto amuralhado, que permitem desfrutar de um agradável passeio, transformaram-se no ex-libris da cidade. Pois, é a partir destes que, tanto os leirienses como visitantes, podem observar a evolução do espaço citadino que os envolve. 

Livraria Arquivo

Situada na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, a Livraria Arquivo foi fundada nos anos 80 pelo empresário José Ribeiro Vieira. Desde então, 42 anos passaram-se e a Arquivo, que iniciou a sua atividade como livraria tradicional, reinventou-se com ao longo dos tempos. Passou de livraria tradicional a um espaço culturalmente e civicamente transversal. Não só é possível encontrar livros, jornais e revistas, como também tertúlias, apresentações de livros, conversas informais com os autores e o Clube do Livro. Aqui, juntam-se amantes da leitura para uma troca de ideias sobre diversas obras. Além disso, workshops, exposições, oficinas criativas, concursos, concertos e performances são bastante frequentes no espaço. 

Atualmente, a Arquivo também é  um espaço de papelaria e cafeteria. Enquanto viajamos pelos mundos a que a leitura nos remete, podemos simultaneamente saborear os menus que a Arquivo tem para oferecer.

No entanto, se não for possível visitar o espaço, a Arquivo não deixa ninguém sem alimentar o seu imaginário. Devido à pandemia, a livraria teve de se reinventar e passou a levar os livros a casa dos leitores. Desta forma, miúdos e graúdos continuaram a sentir a essência da Arquivo no conforto das suas casas. 

This image has an empty alt attribute; its file name is dybzUlPy6QxJRyUwUYQCFXoXiN3NLyV1sVwFBLozLcXuafcMWuUE8XZUdm_EvM8YZgS3BQhdgYb_k2oDTS50X2vjzmrbuRNjNom1tiX3CWfFHIRx5Ku0fzF3CVObZ1SjXLnuH5p-
Livraria Arquivo

Fica ao longo das margens do Lis. Podemos percorrê-lo a pé ou de bicicleta. No entanto, não é visto como um mero corredor ribeirinho. Para muitos leirienses, é o local de passeio e construção de memórias à beira rio com os mais novos. O Percurso Polis é igualmente visto como o ponto de ligação entre os cidadãos e o Rio Lis, também este um símbolo de Leiria. É através deste percurso que leirienses e visitantes podem desfrutar da natureza e aproveitar o ar livre, mesmo estando em pleno centro da cidade.

Ao percorrer o Polis é possível visitar, não só espaços naturais, como também pontos da cidade de cariz desportivo. Para além de fazer o percurso ao longo do Rio Lis, podemos desfrutar do Jardim da Vala Real e do Jardim da Almuinha Grande. Este último recebeu o prémio de “Melhor Reabilitação Urbana” do SIL (Salão Imobiliário de Portugal) e é ponto de encontro para os leirienses. O skatepark e o Estádio de Leiria são também pontos de passagem ao percorrer o Polis.

O que fazer em Leiria? Se queres conhecer Leiria através dos olhos de Leirienses junta-te aos grupos de línguas e culturas do SPEAK e conhece novas pessoas.

Tens curiosidade em saber mais sobre a história de Leiria, seja ou não a tua cidade, podes ler o post no blog sobre o tema. Podes ler também o post sobre Redes na Quinta e o caminho para integração social.

Author:Sofia Lopes

Sofia is a Community Marketing Intern at SPEAK. She loves music and a good cup of coffee. She’s a dog lover but a cute and fluffy cat can conquer her heart.

Author: Mariana Brilhante

Mariana is Chief Marketing Officer at SPEAK, she loves nature and adventure, has a sort of obsession for typical sayings!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *